Domingo, 18 de Janeiro de 2004

A Manteigui - de Manuel Maria de Barbosa Du Bocage

 boc_4.jpg

I


Canto a Beleza, canto a putaria


De um corpo tão gentil como profano;


Corpo que, a ser preciso, engoliria


Pelo vaso os martelos de Vulcano;


Corpo vil, que trabalha mais num dia


Do que Martinho trabalhou num ano,


E que atura as chumbadas e pelouros


De cafres, brancos, maratás e mouros.







II


Vénus, a mais formosa entre as deidades,


Mais lasciva também que todas elas,


Tu, que vinhas de Tróia às soledades


Dar a Anquises as mamas e as canelas,


Que gramaste do pais das divindades


Mais de seiscentas mil fornicadelas;


E matando uma vez a crica a sede,


Foste pilhada na vulcânica rede:







III


Dirige a minha voz, meu canto inspira,


Que vou cantar de ti, se a Jaques canto;


Tendo um corno na mão em vez de lira,


Para livrar-me do mortal quebranto.


Tua Virtude em Manteigui respira,


Com graça, qual tu tens, motiva encanto;


E bem pode entre vós haver disputa,


Sobre qual é mais bela, ou qual mais puta.







IV


No cambaico Damão, que, escangalhado,


Mamenta a decadência portuguesa,


Este novo Ganós foi, procriado,


Peste d'Ásia em luxúria e gentileza.


Que ermitão de cilicios macerado


Pode ver-lhe o carão sem porra tesa?


Quem chapeleta não terá de mono,


Se tudo que ali vê é tudo cono?







V


Seus meigos olhos, que a foder ensinam,


Té nos dedos dos pés tesões acendem:


As mamas, onde as Graças se reclinam,


Por mais alvas que os véus, os véus ofendem


As doces partes, que os desejos minam,


Aos olhos poucas vezes se defendem;


E os Amores, de amor por ela ardendo,


As pissas pelas mãos lhes vão metendo.







VI


Seus Cristalinos, deleitosos braços,


Sempre abertos estão, não para amantes,


Mas para aqueles só, que, nada escassos,


Cofres lhe atulham de metais brilhantes.


As níveas plantas, quando move os passos,


Vão pisando os tesões dos circunstantes,


E quando em ledo som de amores canta,


Faz-lhe a porra o compasso co'a garganta.







VII


Mas para castigar-lhes a vil cobiça,


O vingativo Amor, como agravado,


Fogo infernal do coração lhe atiça


Por sórdido cafre asselvajado:


Tendo-lhe vistoa tórrida linguiça


Mais extensa que os canos dum telhado,


Louca de comichões, a indigna dama


Salta nele, convida-o para a cama.







VIII


Eis o bruto se coça de contente:


Vermelha febre sobe-lhe ao miolo;


Agarra na senhora, impaciente


De erguer-lhe as fraldas, e provar-lhe o bolo


Estira-a sobre o leito, e, de repente,


Quer do pano sacar o atroz mampolo,


Porém não necessita arrear cabos:


Lá vai o langotim com mil diabos.







IX


Levanta a tromba o ríspido elefante,


A tromba, costumada a tais batalhas,


E apontando ao buraco palpitante,


Pate ali qual ariete nas muralhas


Ela enganchando as pernas delirante,


«Meu negrinho (lhe diz) quão bem trabalhas!


Não há porra melhor em todo o mundo!


Mete mais, mete mais, que não tem fundo.







X


«Ah! Se eu soubera (continua o couro


Em torrentes de sémen já nadando)


Se eu soubera que havia este tesouro,


Há que tempos me estava regalando!


Nem fidalguia, nem poder, nem ouro


Meu duro coração faria brando;


Lavara o cu, lavara o passarinho,


Mas só para foder co'o meu negrinho.







XI


«Mete mais, mete mais... Ah Dom Fulano!


Se o tivesses assim, de graça o tinhas!


Não viverás um perpétuo engano,


Pois vir-me-ia também quando te vinhas.


Mete mais, meu negrinho; anda, magano.


Chupa-me a lingua, mexe nas maminhas...


Morro de amor, desfaço-me em langonha...


Anda, não tenhas susto, nem vergonha...







XII


«Há quem fuja da carne, há quem não morra


por tão belo e dulcíssimo trabalho?


Há quem tenha outra ideia, há quem discorra


Em cousa que não seja de mangalho?


Tudo entre as mãos se me converta em porra,


Quanto vejo transforme-se em caralho;


Porra e mais porra, no Verão e no Inverno,


Porra até nas profundas do Inferno!...







XIII


«Mete mais, mete mais» (ia dizendo


A marafona ao bruto, que suava,


E convulso, fazia estrondo horrendo


Pelo rústico som com que fungava):


«Mete mais, mete mais, que eu estou morrendo!...»


«Mim não tem mais!» O negro lhe tornava;


E triste exclama a bêbada fodida:


«Não há gosto perfeito nesta vida!»







     Aqui apenas apresento um excerto de um poema desse nosso grande poeta Português, para ti, Estrelinha, que tanto aprecias este nosso poeta...  Que achas-te deste excerto???? Interessante não???


boc_4.jpg


 

publicado por Shadow_Fighter às 05:05
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Anónimo a 23 de Janeiro de 2004 às 19:44
Hugo:
Exageraste na dose!...
Eu gosto muito de Bocage mas o excerto que escolheste é excessivamente "declarado" para o meu gosto...
Foste buscá-lo aos "Contos Eróticos"? Realmente esses contos estão mais perto do pornográfico do que do erótico....
Beijinhos e obrigado na mesma.
RosarinhoRosarinho
</a>
(mailto:estrelinha1980@hotmail.com)
De Cathy a 25 de Outubro de 2007 às 02:51
Não conhecia este blog, no entanto a pesquisa por Manteigui " trouxe-me até aqui, relembrando-me um trabalho que tive de fazer para a faculdade e o poema que tive de ler em frente da turma (obrigada pelo professor - imagine-se!). A partir desse momento comecei a gostar da poesia erótica e satírica de Bocage! Quem diria...
Apesar de demasiado "explicito", para alguns, é um belo excerto em meu entender. Parabéns pela escolha! Só peca, do meu ponto de vista, pela falta da introdução.
De Shadow_Fighter a 26 de Outubro de 2007 às 01:08
Muito obrigado pela tua opinião que, apesar de ter sido num post já antigo, decidi nesta altura não fazer uma introdução pois remetia apenas a um poeta favorito de uma grande amiga minha... Gostei da tua opinião... Aparece mais vezes, vai lendo os outros posts e depois vai deixando a tua opinião... A Ler é que a gente se entende.
De Cathy a 23 de Janeiro de 2008 às 05:24
Boa noite! O poema é de facto muito interessante... Tenho pena, contudo, que esteja em falta o prólogo ou introdução.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.posts recentes

. 25 de Abril??? Onde???

. Opinião sobre o último de...

. Olhando para o nosso pass...

. Tempo de frio... Tempo de...

. Navegando para um 2009 tu...

. Inauguração da Árvore de ...

. Protesto contra a Ministr...

. Crise Económica - Pagamen...

. Crise das Bolsas... Crise...

. Carta Aberta ao Exmo. Sr....

.arquivos

. Abril 2010

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Janeiro 2007

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Novembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Fevereiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

.Categorias

. 25 de abril(1)

. abertuda fácil(1)

. aborto(3)

. alimentação(1)

. alimentação saudável(1)

. alunos(1)

. ano novo(1)

. árvore de natal(1)

. aveiro(1)

. bancos(1)

. bonificação(1)

. bruno nogueira(1)

. campanha(1)

. canal de s. roque(1)

. capitais(1)

. cartel(1)

. caso mccann(1)

. ciganos(1)

. cigarros(1)

. civismo(1)

. Código(1)

. Código SMS(1)

. combustíveis(1)

. comentário(1)

. compadrio(1)

. corrupção(1)

. crédito(1)

. crise(1)

. crise económica(3)

. debate parlamentar(1)

. dia da alimentação(1)

. dinheiro(1)

. douro(1)

. educação(1)

. euro 2008(1)

. europeu(1)

. fátima(1)

. filme(1)

. fumadores(1)

. fumo(1)

. galp(1)

. governo(2)

. gripe(1)

. habitação(1)

. imprensa(1)

. interrupção voluntária da gravidez(1)

. ivg(1)

. jesus(1)

. lei anti-tabaco(1)

. liberdade(1)

. maddie(3)

. madeline(3)

. media(1)

. médico(1)

. menesismo(1)

. mensagem(1)

. mundial(1)

. natal(1)

. neve(1)

. norte(1)

. Nossa Senhora da Saúde(1)

. O Código Da Vinci(1)

. olhos do mundo(1)

. opinião(1)

. petróleo(1)

. polícias(1)

. ppd/psd(1)

. presidente da república(1)

. rapto(1)

. regresso ao passado(1)

. sa carneirismo(1)

. saúde(2)

. segurança(1)

. sns(1)

. vacinas(1)

. Valpaços(1)

. velhice(1)

. zon(1)

. zx spectrum(1)

. todas as tags

.favorito

. Códigos, abreviaturas, es...

.links

.as minhas fotos

.Quantos São???

.Diversão

Daily Cartoon provided by Bravenet Daily Cartoon provided by Bravenet.com

.E sobre o site?

.Os Meus Vídeos Preferidos